Ás suas marcas
ASSINADO LIVRE
BANDEIROLA
Editorial
Equipe CAT Maré
ESPELHO D'AGUA
Habilidades
PERFIL
PLACAR ELETRÔNICO
REVEZAMENTO
TRAMPOLIM
SOBRE A EMPRESA
ARQUIBANCADA
 

Notícia

Veja também:
08/04/2020
DIA DA NATAÇÃO
28/02/2020
CAT Maré - 35 anos de prazer e seriedade no ensino da Natação
04/12/2019
COPA MG - Atletas do CAT Maré compõem equipe campeã: Clube do Remo
04/12/2019
Jogos Escolares da Juventude - Blumenau - SC
09/10/2019
VII COPA APRENDIZ INTERBAIRROS DE NATAÇÃO
06/09/2019
SIMPÓSIO DE NATAÇÃO JF
20/07/2018
Festival de Inverno 2018
20/07/2018
Direção do CAT Maré ministra Palestra, “apadrinha” JOFRAN e promove Curso de Arbitragem em Natação
22/06/2018
5º Troféu "Jornalista Antônio Marcos Pinto"
22/06/2018
TRI-CAMPEÃO MINEIRO
19/12/2017
JEM 2017
16/12/2015
Homenagem da Câmara Municipal de Barbacena
Publicado em: 04/12/2019
Jogos Escolares da Juventude - Blumenau - SC

ATLETAS DE BARBACENA PARTICIPARAM DOS JOGOS DA JUVENTUDE – BRASILEIRO ESCOLAR – EM BLUMENAU – SC.

          Em cerimônia realizada no último dia 16, no ginásio Galegão, em Blumenau (SC), foram abertos os Jogos Escolares da Juventude, principal competição estudantil do país, que reunirá 4.998 atletas, de 14 modalidades esportivas, nas categorias 12 a 14 anos e 15 a 17 anos.

 

          O evento contou com a presença do presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e de diversas autoridades, como Mário Hildebrandt (prefeito de Blumenau), Ruy Godinho (presidente da Fesporte) e Emanuel Rego (Secretário Nacional de Alto Rendimento do Ministério da Cidadania).

 

          A Cerimônia de Abertura começou com a entrada do Ginga, mascote do Time Brasil, e com uma apresentação da Companhia de Dança Millennium, de Itajaí (SC), sobre as novas modalidades do programa olímpico (beisebol, escalada esportiva, karatê, skate e surfe).

 

          Depois, um dos momentos mais aguardados pelos atletas: o desfile das 27 delegações, carregando as bandeiras de seus estados, pelo ginásio Galegão. Após o hino nacional, o presidente do COB, Paulo Wanderley Teixeira abriu oficialmente os Jogos Escolares, deixando uma mensagem especial aos atletas e treinadores.

“Desfrutem ao máximo dessa oportunidade que vocês estão recebendo. É uma experiência única para competir em alto nível e expandir seus horizontes, aproveitando a programação educativa que estamos oferecendo. Quanto aos professores, fica aqui o meu agradecimento. Vocês são fundamentais na vida desses atletas e terão dias intensos pela frente.”

          Na sequência, Thaynara Alves, campeã e recordista catarinense de salto em distância (sub-14), e Enaldo Batista de Souza, árbitro internacional de basquete, comandaram o juramento.

 

          E, para encerrar a festa em grande estilo, os Embaixadores dos Jogos Escolares (Francisco Barretto, Silvio Predis, Kamila Barbosa, Rodrigo Sacramento, Bruno Souza e Carol Mendonça) participaram do revezamento da tocha.

 

 

Coube a Carlos Honorato, vice-campeão olímpico de judô em Sydney 2000, acender a pira dos Jogos.

 

          Maior competição estudantil do Brasil, os Jogos Escolares da Juventude reúnem jovens de 12 a 14 anos e de 15 a 17 anos, de escolas públicas e privadas de todo o país, em 14 modalidades. A competição foi criada pelo COB em 2005. 

          O formato do evento é dividido em três etapas regionais, destinadas a classificar as modalidades coletivas, e uma etapa nacional, com ambas as categorias, reunindo mais de seis mil atletas dos 26 estados mais o Distrito Federal. 

          O evento contempla mais de 2 milhões de jovens nas seletivas municipais e estaduais, organizadas pelos estados e municípios, representando 40.000 escolas de 3.950 cidades do Brasil. 

          A fase nacional tem 14 modalidades: atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, natação, tênis de mesa, vôlei, vôlei de praia (apenas na categoria 15 a 17 anos), xadrez e wrestling. As etapas regionais são disputadas por cerca de 1.100 atletas. Nelas são definidos os classificados do basquete, futsal, handebol e vôlei para a fase nacional de Blumenau, nas duas categorias etárias.

          A delegação de Minas Gerais encerrou a participação nos Jogos Escolares da Juventude – etapa para atletas de 12 a 17 anos, em Blumenau (SC), com 14 medalhas de ouro, 7 de prata e 13 de bronze.

          Para conquista das 34 medalhas nesta etapa, Minas contou com 267 alunos/atletas campeões dos Jogos Escolares de Minas Gerais (Jemg/2019), competição realizada em parceria com as secretarias de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) e de Educação (SEE).

          As atletas Anna Carolina Fonseca, Anelise Victória Barbosa, Mariana Rodrigues e o nadador Victor Silva Souza, integraram a Seleção Mineira, na equipe de Natação.

          Os custos com alimentação, uniforme, hospedagem e transporte aéreo/terrestre foram de responsabilidade do COB e das Secretarias de Educação e Desenvolvimento Social.

 

          Os resultados individuais foram considerados muito bons, face o alto rendimento da competição e os melhores tempos do ano, obtidos pelos nadadores barbacenenses.


          Durante os 15 dias de competição, Blumenau recebeu um total de 4.998 jovens atletas, de 12 a 17 anos, de 26 estados brasileiros, do distrito federal, do Japão e de Angola. Foram disputadas 13 modalidades: atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, xadrez, basquete, futsal, handebol e vôlei.

          Organizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), os Jogos Escolares da Juventude são o maior celeiro de atletas olímpicos do país, revelando, a cada ano, novos talentos para o esporte brasileiro.         

 

 

LEGADO DOS JOGOS

           “O saldo final é bastante positivo. Recebemos muitos elogios dos atletas e dos representantes de todos os estados. Sabemos que algumas coisas sempre podem ser melhoradas, mas novamente conseguimos atender a todos os estados do país com bastante qualidade”, declarou o gerente executivo de Desenvolvimento Esportivo do COB, Kenji Saito.

 

          A magnitude do evento pode ser ilustrada por alguns números disponibilizados pelo Comitê Organizador Local.

          Em apenas duas semanas, cerca de R$35 milhões foram injetados de forma direta na economia local.

          A rede hoteleira foi uma das principais beneficiadas, com a comercialização de 38 mil diárias.

          No Centro de Convivência dos Jogos, localizado na Vila Germânica, quase 90 mil refeições foram servidas aos 7 mil credenciados. Mas não foi só isso.

 

         “Pela primeira vez na história do projeto, conseguimos ter uma grande presença de público nas arquibancadas. Blumenau foi fundamental para esse sucesso, com instalações esportivas bem próximas e uma grande estrutura disponibilizada na Vila Germânica”, afirmou o coordenador geral dos Jogos Escolares, Arthur Correa.

 

          A competição também foi sucesso de público nas redes sociais. As 85 transmissões ao vivo realizadas na página do Facebook dos Jogos Escolares da Juventude atraíram mais de 1 milhão de espectadores. Todas as 14 modalidades esportivas foram contempladas ao menos uma vez na programação de transmissões.

 

          Os Jogos Escolares da Juventude teve a realização do Comitê Olímpico do Brasil (COB), com o apoio da Prefeitura de Blumenau e do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte).       

 

     

Rua Bancário Paulino de Oliveira, Nº 583, Centro.
( Abaixo do Banco do Brasil)
Barbacena, MG

contato@catmare.com.br

-